h1

O Bardo

março 4, 2008

Bardo sinuhe

“Não fique com medo no escuro e no frio. Porque as canções do bardo permanecerão. Elas todas permanecerão. Em meus pensamentos e em meus sonhos. Elas estão sempre em minha mente” (A Canção Do Bardo Na Floresta Blind Guardian).

Lathander! Sempre há um novo amanhecer!

        

         Nos anos que passam escuridão da Floresta de Cormanthor está cada vez mais espessa e negra. O Povo! O povo é quem paga com suas vidas como tributos para alimentar a boca do mal que nasce em um mundo de trevas onde apenas o som do sopro da esperança é que preenche o coração daqueles que tem os dedos gelados pelo medo. O som da esperança, e a voz de um “Triste Errante” que cavalga solitário contando sobre a Ordem que veio para iluminar essa escuridão, contando que a luz por mais singela que seja pode iluminar a mais terrível escuridão! Lathander está em alta no povo dos Vales, e o Paladino Caolho, líder da Ordem de Áster é a fonte dessa luz que combaterá as Trevas unindo assim a Paz nos Vales.

Contos sobre Sinuhe o Triste Errante…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: