h1

Personagens

 Kantras Helder ( O Paladino Caolho )

– A Ordem de Áster –

Há cerca de 100 anos atrás existia um paladino chamado Áster, era o mais poderoso servo de Lathander, que pisou em Faerun naquela época, era bom e justo, poucos podiam superá-lo em espadas ou fé, e ele unia ambos em uma combinação devastadora.

Ele destruiu muitas criaturas do mal naquela época, e trouxe paz a muitos reinos, mas viu que o mal era poderoso e sempre voltava, e ele ao contrário estava ficando cada vez mais velho e cansado, e quanto mais vencia o mal mais ele ressurgia, então ele nos seus últimos anos de vida reuniu os paladinos de lathander que encontrou em seus anos de batalha e fundou a Ordem de Áster, para que pudesse deixar um legado da sua luta contra o mal. Na liderança de Áster a ordem prosperou e se tornou um poderoso exército de guerreiros sagrados a serviço de lathander, mas quando Áster morreu, os membros da Ordem se desentenderam e se enfraqueceram, e por fim foram vencidos pelo Matador de paladinos. Á ùnica coisa que restou da Ordem foi um velho livro escrito e a espada Fúria da Aurora.

– Nascimento –

No dia em que Lathander desceu ao Vale das Sombras como mortal, ele se paixonou pela primeira mulher que viu, era uma moça de cabelos loiros com pouco mais de 15 anos, ele fugiu com ela e viveram por 3 meses como amantes. mas no finhal, lathander se cansou e voltou á sua morada divina.

 Desse amor nasceu um jovem chamado Kantras,o irmão da bela jovem chamada Nomil, era um grande nobre do vale das sombras, possuindo muitas fazendas, e viu a vergonha quando soube que sua irmã estáva grávida, e mandou tirar a criança, quando a parteira deu ervas a jovem e ela se contorceu de dor o sol se tornou negro, e a noite caiu em plena luz do dia.

O nobre que de nome Yorgos Helder viu que havia cometido uma crime contra seu deus e decidiu criar o garoto como seu filho, pois sua irmã havia morrido no parto, o jovem Kantras nunca soube de sua origem.

Gabranth

Kantras teve uma infancia muito feliz, e aos 8 anos foi enviado ao cavaleiro mais poderoso do vale das sombras para treinar e ser seu escudeiro, seu nome era gabranth, e por muito tempo treinou com gabranth e seu pai( yorgos que também era cavaleiro )  nas artes da cavalaria, estratégia e duelo de espadas.

Gabranth era de reputação duvidosa nos Vales, pois havia sido um capitão Zhentarim, mas trocou a crueldade dos zhentarins por uma confortável posição no vale das Sombras

Pieron

O sangue de guerreiro.

Pieron vem de uma linhagem de guerreiros, ele é filho de Pieretron, cavaleiro do dragão púrpura que morreu envenenado por Sembianos durante as guerras, uma morte horrível para um guerreiro, morrer sem poder lutar. Pieretron era filho de Pieretorn, general dos dragões púrpura, ele comanda o forte da floresta do rei , após a morte de seu filho a responsabilidade pelo neto se tornou dele, ele era um homem endurecido pelas guerras sem fim, decidiu que seu neto deveria cumprir o legado da familia servindo ao reino mais longe dele, o enviou ainda bem pequeno para Suzail.

A familia Dracolento serve a familia Obarkyr a doze gerações, conta a lenda que os primeiros Dracolentos eram parentes próximos dos Obaskyr.

A Infancia.

Ainda muito jovem ele entrou na academia de artes da guerra e da honra em Suzail. Em sua turma tinham membros importantes da sociedade Cormyriana, entre eles o mais notável era o principe Azoun V.

Cujo o qual teve muitos problemas com Pieron, que era o maior da classe, o clássico gordinho encrenqueiro.

É ele fazia a vida do pequeno almofadinha um inferno. Mais isso não durou muito tempo, um dia o pequeno Azoun o derrotou, e deste dia em diante Pieron jurou protege-lo a todo custo, e foi com esse ato que ele mudou o seu destino para sempre.

Logo ele e outros selecionados foram treinados para serem os braços, pernas e ouvidos do futuro rei.

Um dia o príncipe teve uma idéia maluca, que deveriam fugir do palacio e conquistar a glória com seus atos sem um trono por traz deles, então toda a sua companhia saiu das muralhas do palácio para ganhar o mundo, devo admitir que foram dias gloriosos, lutar ao lado dos cavaleiros púrpura se passando por soldados rasos, salvar cidades dos vales de grandes males. É mais essa brincadeira acabou no dia em que Perecles, um membro da companhia do príncipe morreu, morreu para salvar a vida de muitos.

Então não se perdoando o príncipe resolveu voltar a Suzail e voltar a suas obrigações.

Logo ele despachou Pieron a serviço para o vale da adaga, parte de um acordo para o beneficio dos dois reinos. E no vale da adaga que esse ja experiente guerreiro se uniu a um novo grupo liderado pelo Paladino da ordem de Àster, Kantras Helder.

2 comentários

  1. ixiiii!!!!! acho q eu fiz algo errado Avoloch… arruma aih q eu ainda naum aprendi a mecher aki direito


  2. Aew.. como vcs fizeram os desenhos dos pers ??

    algum progama ??

    cya



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: